Compras Frustradas: Por que não gosto do Itaucard

COMPRAS FRUSTRADAS II

Esta postagem é sobre Compras Frustradas do mês de Outubro. Não tive uma “compra” frustrada no referido mês, mas uma frustração de datas passadas, e como já queria falar sobre o assunto aqui no RC, este é o momento.

Eu, como a grande maioria dos consumidores, sou exigente. E por tal motivo, sei bem qual é o mínimo e o máximo que qualquer empresa pode fazer por seu cliente de acordo com sua capacidade. E quando um cliente escolhe determinada empresa, loja, prestadora de serviços é porque de fato ela lhe agrada e atende suas necessidades. Desde que não haja nenhuma concorrência que lhe agrade mais, o cliente continuará ali, fiel aquela empresa, marca, loja ou produto.

Minha experiência com cartões de cartões de crédito começou quando eu tinha 16 anos, ou seja, há 8 anos atrás. Aos 16 anos eu era dependente do cartão do meu Pai – valeu Painho ❤ . Aos 17 anos tive meus primeiros cartões de crédito próprios, que eram de lojas específicas, ou seja, só podiam ser usados nessas lojas. Tudo isso antes de ter meu primeiro emprego. Logo, antes de trabalhar, já tinha “meu nome na praça”.

Depois que comecei a trabalhar, recebi uma proposta na minha residência, sem nem pedir, da Credicard. Entendam minha perspectiva naquele momento: primeiro emprego, recebendo uma proposta de cartão de crédito que era aceito em quase todos os lugares praticamente, com um limite muito bacana para o meu salário na época (que era o salário mínimo), ou seja, eles estavam ali, dizendo: “Toma, estou te convidando pra ser meu cliente, estou confiando em você!” Naquela época, me lembro que não era tão fácil assim ter cartões de crédito como é hoje. Lembro que meu Pai sofreu um bocado para ter o cartão do Hipercard, foi recusado algumas vezes, e olha que ele sempre trabalhou bem e teve comércios alugados, mas enfim. Receber está proposta, foi incrível, não tive que correr atrás deles, eles que vieram até mim, lógico que aceitei.

Fonte da Imagem: Google Imagens
Fonte da Imagem: Google Imagens

Este cartão da Credicard sempre supriu muito bem minhas necessidades. Uns anos depois solicitei o Visa (ambos da Mastercard) e fui assim, vivendo feliz até o dia em que resolvi tirar meu cartão do Hipercard que é do Itaucard. Para começar o limite é muito pequeno, e na minha opinião uma negação. Mas o que me chamou atenção para ter o cartão foi que ele não tem anuidade (uma taxa que se paga anualmente por usar os serviços do cartão de crédito), meus planos eram: usar o cartão, aumentar seu limite e cancelar os outros.

Comecei então a usar apenas o Hipercard para que o seu limite aumentasse. Em um determinado mês, na época da faculdade (onde passava o dia fora de casa por causa do trabalho e da faculdade), precisei comprar um remédio em uma farmácia, fui usar o cartão Hipercard e para minha surpresa não pude. Tudo por que meu limite já tinha chegado ao limite e no mês anterior eu tinha atrasado o pagamento da fatura alguns poucos dias! Isso era normal acontecer antes por causa da faculdade. Como sempre fui de pagar minhas contas pessoalmente, não mandava outras pessoas pagar, acontecia de eu levar a fatura e esquecer o dinheiro em casa ou não poder chegar atrasada na aula porque era importante e etc. (para minha sorte tinha um shopping ao lado da faculdade o que facilitava nos pagamentos).

Quando o atendente (sim, porque eu liguei estressada para saber porque não pude comprar o remédio), me disse que foi porque atrasei a fatura achei um desrespeito com o cliente! Primeiro: porque se a pessoa tem um cartão de crédito é porque precisa usar-lo em determinado momento e a gente quer que ele esteja apto para tal! Segundo: se eu pago minhas faturas com as taxas e juros por atraso seja no valor que for, então eu já estou me responsabilizando por aquilo, e me regularizando e pronto! Terceiro: que era um absurdo não poder passar um simples remédio que não chegava a ser nem 50 reais! Quarto: a fatura estava paga, já fazia dias, e nem por isso eles consideraram de abrir uma exceção. Não adiantou explicar, argumentar, pedir. Esse foi o primeiro momento que me decepcionei de fato com o Itaucard. Detalhe: isso NUNCA aconteceu com o Credicard ou Visa!

Para completar, depois do ocorrido, em outro momento liguei para o atendimento, não me lembro para quê, mas perguntei novamente sobre o limite, porque eu não podia comprar além do limite e tudo mais, o atendente então me explicou que eu poderia sim, desde que eu pagasse uma taxa num valor x por usar a mais do limite permitido. Essa taxa para mim era e é insignificante, o que me importa era usar quando eu precisasse. Mas quando eu precisei naquele momento, eles fizeram isso por mim? Não.

Depois disso recebi várias (várias mesmo) ligações oferecendo o cartão de crédito do Itaucard. Diziam: “O cartão de crédito que o Luciano Huck faz propaganda no programa dele(…)” Poderia ser feito pelo Papá, pela Beyoncé, por Cristiano Ronaldo, por quem fosse. EU NÃO QUERO! Quero algo que atenda minhas necessidades e não me dê raiva. Pode ter o benefício que for, de desconto de entradas de cinema, teatro, show, eu não uso. Não me interessa. O que eu quero? Não pagar anuidade. Se já sou cliente, se já faço uso dele, pago direitinho (independente de atrasar alguns dias depois da data), se não faço uso desses outros benefícios (se excluírem ele para mim, tanto faz), por que não posso ficar sem a anuidade? Como não aceitavam minha proposta, continuava não me interessando.

E a última má nova: agora em Outubro descobri que o Mastercard (Banco do Cartão Credicard e Visa) foi incorporado pelo Banco Itaucard desde 31/08/2014! Eu que tanto relutei para evitar me estressar com eles, estou com mais essa! E não é só isso, eles mal tomaram conta, e já me estressei com eles de novo! :/ Vou explicar:

BLOG_RC_138

No mês de Outubro começa minha taxa de anuidade no meu Cartão Mastercard, ano passado ficou em 3 parcelas de R$ 26,00. Liguei para renegociar e eles colocaram por 3 parcelas de R$ 5,20, sem nem precisar argumentar! Eles  simplesmente já me deram essa proposta! E com o meu Cartão Visa, que a anuidade é em Março, também veio de início 3 parcelas de R$ 26,00. Também liguei para renegociar e eles colocaram por 3 parcelas de R$ 5,40. Nem preciso dizer que foi magnifico! Isso sim é que é valorizar o cliente!

Este ano, agora com a Itaurcard, o valor da anuidade veio 3 parcelas de R$ 27,00. Depois de tentar ligar 3 vezes! Gastar mais de 20 reais em créditos no celular, eles diminuirão para 3 parcelas de R$ 16,20. Aceitei, mas isso me deixou satisfeita? Lógico que não. Mas como eu não ia gastar mais dinheiro com eles colocando créditos para ligar e argumentar, é melhor eu pagar esse valor mesmo, que no fim o valor será semelhante ao que investi e investiria colocando mais créditos no celular! :/

Quando fui desabafar no meu twitter pessoal sobre, eles tentaram argumentar, mas não adiantou nada porque já conheço toda essa “conversinha bonita” e ela não me compra, não me convence, porque como já disse antes, essa proposta deles não atende minhas necessidades.

O que irá acontecer? Simples, assim que possível vou ver outras propostas de cartões de crédito, nos bancos que já tenho alguma intimidade – que não é o Itau claro, pois deste já conheço bem suas propostas de cartões de crédito! E migrar para algum novo e deixa os que já tenho. Por que viver insatisfeita é que não dá! Aviso a concorrência de plantão que estou aceitando propostas! ^^

~

Depois desse desabafo e explicação, só desejo a vocês queridos consumistas que tenham mais sorte do que eu com esta prestadora de serviços, caso sejam clientes deles!

Anúncios

2 comentários sobre “Compras Frustradas: Por que não gosto do Itaucard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s